As origens do Goofy

Provavelmente a totalidade dos termos no mundo do skate são  em inglês, sejam eles nomes de manobras ou mesmo de componentes do próprio. Conhecemos a história de onde o skate surgiu, aquela parada toda do Dogtown. E não há nada de ruim nisso. Muito pelo contrário, isso nos ajuda a aprender nomes e significados em um outros idiomas.

Termos como tail, nose, backside, frontside, crooked, entre tantos outros, fizeram skatistas brasileiros buscar seus significados em dicionários ou na internet.

Também há um outro, básico, a que eu nunca havia me atentado muito. E ele faz referência direta à sua base (stance) no skate: E esse termo é o Goofy, que designa a pessoa que anda de skate (faz surf, snow, wake e etc) com o pé direito na frente. Mais especificamente, a pessoa é chamada de Goofy Footer

Eu remando por ai

Eu sou goofy footer no skate (e em todas as outras atividades que experimentei que envolvem pranchas) e esse termo sempre ficou na minha cabeça, mas eu não encontrava um motivo aparente para esse termo.

Porém, algo me encucava mais, e era o fato de que quem anda com o pé esquerdo na frente ganha o nome de Regular (ou normal, habitual, harmonioso entre tantos outros sinônimos encontrados para o termo).

Como assim, o cara que usa o outro pé na frente é o normal e eu sou o anormal? Mas enfim, acabei nem procurando nada e continuei andando de skate e vivendo normalmente.

Entretanto, recentemente, me deparei com um artigo em inglês que falava sobre os melhores surfistas do mundo de todos os tempos e se eles eram regular ou goofy footers. A conta era baseada nos campeões de todos os anos do circuito.

Nessa mesma matéria, um comentário com foto me chamou a atenção. Era a foto do Pateta, um personagem famoso de animação da Walt Disney. E um dos nomes a que se dá ao Pateta em inglês é Goofy Goof (ou Dippy Dawg, nome usado para o personagem até 1934). Foi quando comecei a procurar e me interessar mais sobre as origens do termo.

Na década de 1930, o surf não era tão popular dos EUA. Ele havia chegado aos Estados Unidos em 1909, na Virginia, e ainda engatinhava por lá. Porém, em outro estado americano, o Havaí, o esporte já era praticado há séculos pelos reis e era muito tradicional, e começava a se espalhar pelo planeta. Foi quando, em 1937, um dos cartoons do Mickey’s Revue (algo como revista do Mickey), retratava um feriado no Havaí.

Intitulado Hawaiian Holiday, o episódio mostra Mickey, Minnie, Donald, Pateta e Pluto curtindo um dia ensolarado numa praia havaiana. Enquanto a turma se mete em várias confusões, Pateta está tentando ‘pegar uma onda’ sem sucesso. Ele é enganado pelas ondas e leva caldo atrás de caldo. Porém, no final do episódio, o Pateta (Goofy) consegue pegar uma onda.

Goofy pegando onda em 1937

 

E qual o pé ele estava usando na frente da prancha no desenho? Isso mesmo, o direito. E muito provavelmente esta é a origem do termo goofy footer, ou seja um pateta sobre a prancha (risos).

Presume-se que na época em que o desenho foi produzido, poucas pessoas surfavam nos EUA. Pelo que li, a grande maioria dos surfistas que eram vistos naquele tempo surfavam com o esquerdo na frente.

Se, assim como eu, você não é normal (ou é um pateta em cima da prancha, na tradução literal da coisa), não fique triste, continue andando de skate, fazendo o seu melhor e, se quiser, de vez em quando, faça diferente e seja um regular footer usando a terceira das bases, o switchstance (base trocada).

Ah, e quanto ao artigo que eu estava lendo sobre os melhores surfistas do mundo, se eles eram normais ou patetas, nem me importou mais. Ninguém é melhor do que ninguém neste mundo. E cá entre nós (nada contra os regulars), mas ser normal não é legal nem ontem e nem hoje.

Assista abaixo: