Por Armen Pamboukdjian 

 

Rayssa Leal, de apenas 8 anos de idade, é natural de Imperatriz, no Maranhão.

Ela ficou conhecida como a ‘Fadinha do Skate‘ após um vídeo dela numa tentativa de pular uma escada de heelflip, depois de um desfile em sua escola. O detalhe é que ela ainda estava usando sua fantasia de fada.

O vídeo viralizou por conta do acerto da manobra, da garota skatista fantasiada, mas muito também por conta de Tony Hawk ter curtido e compartilhado o vídeo.

Recentemente, Rayssa esteve em São Paulo para competir no Campeonato Brasileiro de Street Skate Feminino e se sagrou bicampeã em sua categoria. Ela está em constante evolução e vê-la andando impressiona.

Acompanhada por seus pais (Haroldo e Lilian), além de seu irmão mais novo (Arthur), todos eles hospedados na casa do Luiz (Stronger Trucks), Rayssa acabou ficando mais alguns diasna cidade e fez uma visita pra gente aqui na redação da CemporcentoSKATE.

Aproveitamos a presença dela pra fazer um bate-papo bem descontraído. Acompanhe abaixo:

 


 

Seus pais se preocupam quando você anda de skate?
Eles não se preocupam muito, só quando eu to aprendendo a manobra eles ficam mais preocupados.

Quantas vezes você veio pra São Paulo?
Essa é a segunda vez aqui.

Você foi bicampeã brasileira na sua categoria. Como foi o campeonato?
O campeonato foi muito bom.Tinha muita menina. Eu nunca vi tanta menina de skate juntas assim.

E como foi passar o dia com todas elas?
Foi bem legal, conheci mais meninas do skate. Lá em Imperatriz, aonde eu moro, tem poucas meninas andando de skate.

Aonde você mais gosta de andar em Imperatriz?
Eu gosto mais de andar nas ruas, escadas, degraus, mas to gostando de minirrampa também.

A Stronger Trucks patrocina você. Como é isso, ele te ajuda?
Eu gosto. Acho que o melhor truck que já usei é o Stronger.

O que você mais gosta de fazer com o skate?
De pular escadas.

E você não fica com medo?
Ah, eu vou me acostumando, vou pegando confiança até acertar.

E o que você acha de andar em São Paulo?
Gostei, gostei muito da Praça Roosevelt e das pistas que andei (Jóckey e São Bernardo do Campo).

E o apelido que você ganhou, você gosta?
Eu gosto, mas só um pouco. Tem gente que fica me zoando por causa disso. Mas eu também gosto porque acredito em fadas.

Quem te influencia no skate?
Letícia Bufoni, Bob Burnquist, Sandro Dias, Nyjah Huston, Luan de Oliveira e Tony Hawk.

E das que você conhece?
A Gabriela Mazetto, a Pamela Rosa e outras…

Vídeo:

 

Patrocinador:
Como é pra você apoiar a Rayssa? Como teve início essa história?

(Luiz Stronger) Pra mim, o mais legal é pode vê-la andar de skate. Antes de a Rayssa ficar conhecida como a “Fadinha” eu já patrocinava ela. Eu conheci a Rayssa por meio de um cara que dava aula na cidade dela. E foi assim, comecei ajudar ela, como posso, enviar eixos e é legal demais ver a evolução dela. É muito difícil encontrar uma garota da idade dela mandando as manobras que ela manda. Sabe, poder ajudar a viabilizar a vinda dela pra São Paulo, participar do campeonato, pra mim é super gratificante. O mais importante é eu ajudar ela a andar de skate, assim como os outros skatistas que contam com o apoio da Stronger.

Pai
Em 2 anos e meio tudo mudou na vida de vocês, certo?
(Haroldo): Pois é, muita coisa mudou. Eu tenho acompanhado ela bastante nas viagens e a mãe tem se especializado em fazer fotos e vídeos dela, pra termos tudo registrado sempre, pois é bem difícil conseguir alguém pra fazer essa parte em Imperatriz. Mas tá bem bacana, já conhecemos muita gente e estamos conhecendo mais ainda. Viagens e tudo o mais. Tem até um amigo que tem nos ajudado com as passagens, na medida do possível. Na verdade foi uma transformação em nossa vida e nós estamos com ela, apoiando e fazendo tudo que podemos por ela. Mesmo que só tenhamos o dinheiro da ida. Se é o sonho dela, a gente está junto. Tomara que a carreira dela deslanche mais pra frente e ela continue amando andar de skate.

E como é a cena lá em Imperatriz?
(Haroldo)Tem uma galera que sempre andou de skate, um pessoal mais velho inclusive, além de uma grande apoiadora da Rayssa, a Sarah Layanne. Mas agora tem muita criança começando lá na pista de nossa cidade. Ela (Rayssa) tem influenciado bastante gente, inclusive o poder público. A gente até conseguiu a reforma da pista por parte da prefeitura, além da construção de uma nova.